Arquivo | feira mix RSS feed for this section

Indignação!!!

10 nov

Faz tempo que não apareço por aqui, mas hoje resolvi vir para um desabafo.

Há um mês atrás, me chamaram para participar de uma feira como expositora, aceitei para poder divulgar o meu trabalho do Festa Fotos e do Criando Lembranças, que estão no inicio, mas indo muito bem.

Alguns dias depois passei de expositora para organizadora. Não por opção, mas por pressão.

As coisas caminhavam bem, até eu começar a me aborrecer com as atitudes de uma das organizadoras. Ela não aceitava opiniões que fossem diferentes as dela, passávamos horas conversando qual seria a melhor opção, o melhor jeito de fazer isso ou aquilo, mas na hora da decisão ela tomava a que melhor lhe convinha. Passei a ficar em cima do muro. Quando me perguntavam o que eu achava eu apenas dizia para fazerem o que fosse melhor, mas essa minha atitude acabou gerando outro desconforto, em uma das reuniões pelo MSN tive que ouvir que eu não tinha opinião que vivia em cima do muro. Claro que eu não descia do muro, para que? Para gastar saliva e ver as pessoas fazendo o que eu não concordava?

Para se ter outra idéia do que estava virando a tal feira, na reunião que foi feita com todos os expositores, tudo o que havíamos combinado um dia antes foi modificado pela “dona oficial”, e eu e a outra pessoa que estava na “organização” ficamos com cara de bolinhas amassadas na frente de todo mundo.

Fiz toda parte gráfica da feira, perdi horas de sono. Fiz faixa, panfletos, perdi horas nos panfletos, já que a cada novo expositor eu tinha que reestruturar todos os outros nomes, isso quando não me passavam os nomes errados, passei uma madrugada fazendo o vale do sorteio, para depois não ser usado, porque compraram  um do doce. Isso tudo eu parando de fazer o meu trabalho, aquele que me sustenta, deixando meu filho e meu marido de lado e sem cobrar nada pelo meu trabalho. Afinal eu estava como organizadora da feira. Alguns dias antes de enviar os panfletos para gráfica percebi, que eu só estava como organizadora para que eu não cobrasse o meu trabalho e para que eu fizesse as coisas a preço de custo. O que me deixou profundamente chateada. Como não sou de levar desaforo para casa, cobrei o que cobraria de qualquer outro cliente, isso gerou cara feia e ser ignorada no MSN, alguns dias que antecederam a feira. Levei isso tudo na esportiva e sequer falei nada a respeito.

Até que o dia da feira chegou, eu que não havia dormido bem as 4 noites anteriores, por excesso de trabalho e no dia da feira só acordei porque a minha mãe me ligou, para falar a verdade eu capotei na véspera e nem liguei os despertadores, mas antes não tivesse acordado a tempo de ir, acho que não teria me chateado tanto.

Confesso que a feira foi boa para meus negócios, mas tanta coisa aconteceu que fica impossível narrar todos os detalhes, principalmente os negativos.

O mais impressionante foi o pós feira, como organizadora que achei que fosse, fui retalhada por expor a minha opinião sobre a feira escrevi um email com a maior educação e co o maior cuidado para não ofender ninguém e nem recebi resposta. Mais tarde no mesmo dia fui verbalmente agredida, porque comentei que além de terem pensado em arrecadar alimentos não perecíveis para ajudar o próximo, deveriam ter pensado em juntar as latinhas de refrigerantes para dar aos catadores de lixo, que foram jogadas no lixo comum. E for ser acusada de inúmeras coisas que não, fiz, ganhei umas costas super largas e fui culpada por outras pessoas terem reclamado da organização, eu que incitei as pessoas a escreverem para reclamar. Uma amiga que também expos a sua opinião por email, recebeu umas respostas que se eu não tivesse lido o email, eu não teria acreditado.

Fica aqui a minha indignação, a minha repugnância as pessoas que acham que podem tirar proveito em tudo.  Que acham que as pessoas têm obrigação de trabalhar de graça pra elas em troca de banana.

Sinto muito, eu não trabalho de graça nem pra minha família. Porque eles têm bom senso e mesmo que eu o faça, eles arrumam um jeito de me pagar, seja em material, seja em presentes.

Me afasto mesmo de pessoas assim, aliás até agradeço por automaticamente elas saírem da minha vida, quem me conhece sabe que para mim não existe 45 nas coisas que tenho convicção. Então não me venha fazer de idiota porque eu não sou, e não adianta me chamar de intransigente porque eu não sou, só não gosto que tentem me fazer de idiota.

Fica a dica!!!

Queria pedir desculpas as pessoas que  convidei e incentivei a participar desta feira.

Minhas mais sinceras desculpas!!!